Revista Criança Cidadã - Matérias

Alunos OCC (parte 2)

Edição 24 - Setembro/Dezembro 2017

- Rita Cruz

Quem vê Rita de Cássia, 12, pelos corredores, nos ensaios ou em comemorações realizadas no Núcleo do Ipojuca, logo nota a timidez da jovem instrumentista. Mas se engana quem pensa que esse traço de sua personalidade influencia negativamente no seu talento. É no jeito reservado que Rita dá o seu show no violino e a aluna concorda: “Na hora da música, eu consigo me expressar bem e não há timidez que me atrapalhe”.

O encontro com o violino gerou identificação instantânea pelo que lembra, mesmo sem vivência anterior na música. “Logo fiquei encantada quando foram apresentar o projeto na minha escola; olhei para o violino e disse ‘quero tocar esse instrumento’”, recorda. Participar desta seção da Revista gerou um mix de sentimentos na aluna, que ao lado da timidez colocou a curiosidade e também a honra por ter sido indicada pelo maestro e coordenador pedagógico Márcio Pereira.

Aliás, o reconhecimento também se demonstra no fato de Rita pertencer à Orquestra A do núcleo, formada pelos alunos mais desenvoltos. Em agosto último, Rita concluiu mais um volume do Método Suzuki, principal metodologia do projeto. Sua mãe, Rosilene da Silva, não conteve o orgulho: “Ela é muito esforçada e admiro isso, pois ela abraçou mesmo a oportunidade“. Entre as dezenas de apresentações que já contabiliza participações, foi no EnCantando do TJPE, em maio deste ano, que Rita mais se emocionou. “Tocar no Teatro de Santa Isabel foi uma sensação ótima, ver aquelas cortinas se abrindo...”, relembrou.

No dia a dia, enquanto estuda em casa, virou rotina dar as famosas “palhinhas” para a avó e a mãe, e ela o faz com prazer. Estudando o violino há aproximadamente três anos, Rita considera que pode chegar ainda mais longe mantendo a intensidade nos estudos musicais. “Já me vejo realizada, mas ainda quero mais planos, como tocar em alguma orquestra fora do país”, define. Que entre ela e o violino continue havendo só o arco como barreira e que a beleza de sua música ganhe o mundo. (TF)

Confira outras edições