Revista Criança Cidadã - Matérias

Artigo - Ações de marketing de baixo custo em projetos sociais

Edição 23 - Maio/Agosto 2017

Paula Passos

Especialista em Marketing e integrante da equipe da Assessoria de Comunicação.

Chamar atenção de maneira relevante numa sociedade hiperconectada e com excesso de informação não é tarefa fácil. Entender o que desperta interesse na cabeça do outro requer uma análise do comportamento do consumidor, seja aquele que compra um produto, seja aquele que consome informação e proporciona engajamento nas redes sociais.

Em um projeto social, em que, aparentemente, a rotina parece não variar tanto, esse desafio se torna ainda mais difícil, não apenas pelas poucas mudanças no dia a dia, mas, principalmente, pelo orçamento enxuto. É preciso, então, uma boa dose de criatividade para fazer-se notar com pouco e de maneira significativa.

Na Orquestra Criança Cidadã, a equipe da assessoria de Comunicação tem um planejamento anual de Marketing, que visa à integração dos diversos setores do projeto, utilizando-se de estratégias focadas na comunicação interna. Do portão pra fora, vêm sendo desenvolvidas ações que promovem visibilidade da OCC na sociedade civil, na maior parte das vezes por intermédio da imprensa.

É importante destacar que o Marketing, atualmente, tem trabalhado uma ideia macro, isto é, mais abrangente, sobre a construção da imagem de empresas e marcas, não apenas focando na lucratividade, mas se preocupando com um sentimento de amor a essa marca, que é revertido em apoio da opinião pública. Uma vez conquistada essa audiência, o intuito do planejamento muda: é a vez de trabalhar na manutenção desse sentimento pela empresa ou pela ONG.

No nosso caso, a OCC tem gerado um sentimento de pertencimento com o projeto “Personagens da OCC”, inspirado na fanpage “Humans of New York”, que conta um pouco das histórias e preferências pessoais de professores, funcionários e alunos da Orquestra. Uma iniciativa barata e espontânea que consegue despertar visibilidade nos personagens que aceitam dar depoimentos sobre seu lado pessoal, muitas vezes desconhecido pela maioria, apesar de anos de convivência.

Em relação ao público externo, temos o intuito de integrar a comunidade do Coque, através da arte do grafite, com uma ação de grafiteiros da cidade, no muro que cerca o terreno da futura Sala de Concertos da Orquestra, em frente ao Quartel do Cabanga, atual sede do projeto musical. Nada melhor do que cor para animar os dias, deixar a marca da OCC e agradecer à Comunidade que nos proporciona tantos talentos para que a Orquestra continue sonhando mais alto.

Se criatividade é palavra-chave para ser notado na internet, em julho de 2016, nossos alunos, comandados pelo professor Enoque Souza, bombaram nas redes sociais com um vídeo executando a Marcha imperial da série Star Wars.

Foram quase 130 mil visualizações no site do Portal de Notícias NE10, além da visibilidade alcançada por nossa fanpage no Facebook.

Outra performance, mais recente, que teve muita repercussão na web aconteceu quando nossos alunos tocaram o sucesso mundial Despacito, de Luis Fonsi e Daddy Yankee, em junho de 2017. A música também contou com a participação de Justin Bieber, ficando mais de 13 semanas consecutivas na parada das mais populares dos Estados Unidos na revista Billboard. Na nossa versão, com três violinos e violão, mais de 20 mil pessoas assistiram ao vídeo em 24 horas.

Nosso planejamento ainda pretende criar concursos culturais online para os admiradores do projeto, que acompanham o trabalho da Orquestra pelas redes sociais e durante as apresentações, com brindes como nossos DVDs e a assinatura vitalícia da revista institucional; além de concursos internos de composição de músicas e de fotografia, com realização prévia de uma oficina, desenvolvida por um fotógrafo com os alunos do projeto.

Nesse contexto, imaginação, criatividade e planejamento conseguem inserir a Orquestra Criança Cidadã com sucesso na agenda midiática e ainda proporcionar uma melhoria na qualidade da comunicação, dentro de um projeto que ganha mais capilaridade a cada dia, espalhando música pelo mundo.

Confira outras edições