Revista Criança Cidadã - Matérias

Pedagogia - Professores em diálogo pelo progresso musical e cidadão

Edição 23 - Maio/Agosto 2017

Formação Continuada envolve corpo docente da área de música de todos os projetos da ABCC e define diretrizes de trabalho, avaliação e relação com alunos, pais e responsáveis.

Carlos Eduardo Amaral e Tamíz Freitas.

No dia 27 de julho, aconteceu a segunda etapa anual da Formação Continuada dos professores de música da Orquestra Criança Cidadã e do Espaço Cultural e Esportivo Criança Cidadã. A primeira etapa teve início nos dois primeiros dias do mês de fevereiro, antes das aulas do ano letivo. Nesta nova ocasião, não participaram todos os docentes do Núcleo do Ipojuca, que programaram o evento para o dia 30 de agosto, devido às diversas apresentações musicais externas envolvendo os alunos locais.

Também tomaram parte do evento a psicóloga Flávia Félix, o gerente administrativo Edivaldo Cavalcanti e o professor de informática Eduardo Flor.

Durante a introdução, o coordenador pedagógico Aldir Teodózio salientou que a atuação do docente vai além da sala de aula e apresentou vídeos de depoimentos de alunos que repercutiam o trabalho positivo desenvolvido pela equipe pedagógica.

A programação do turno da manhã começou com uma exposição da professora de violino Rafaela Fonsêca sobre o método Waldorf de ensino: como é o dia a dia de uma escola Waldorf, quais as três fases de desenvolvimento da criança e do adolescente segundo esse método (até os 07 anos, dos 08 aos 14 e dos 15 aos 21) e respectivas ferramentas de trabalho disponíveis aos professores.

“As artes são importantes no método Waldorf para que as crianças cresçam conscientes de seu papel no mundo e se preparem não só para o mercado de trabalho, mas também pra vida”, destacou Rafaela. Em seguida, foram abertas as rodas de conversa, que tiveram como tema Qual o momento certo para “desligar” um(a) aluno(a) da OCC? e O que faz um(a) professor(a) da OCC “vestir a camisa”? Com duração de 15 minutos para cada tema, as rodas de conversa tiveram participação ativa dos professores e serviu para dirimir dúvidas e buscar um entendimento amplo sobre ambos os assuntos.

SEGUNDO TURNO – Durante a tarde, as atividades tiveram andamento, com lógica semelhante. Primeiramente, a psicóloga Flávia Félix desenvolveu uma dinâmica com os profissionais a respeito da missão, visão e valores do projeto, segundo a vivência deles. Em seguida, os professores de disciplinas teóricas partiram para a roda de conversa com os coordenadores pedagógicos Aldir Teodózio e Márcio Pereira, para a discussão de um currículo mais padronizado das matérias teóricas em todos os projetos da ABCC, respeitando as especificidades dos alunos de cada unidade.

A outra parte dos professores, responsáveis pelas disciplinas práticas, assistiu à roda de conversa intitulada Engajamento discente na modalidade mista de ensino: um estudo de caso com redes sociais educativas, sob coordenação do professor Manassés Bispo, com a apresentação de sua dissertação de mestrado. A partir da sua pesquisa realizada com concluintes do curso de Licenciatura em Música, na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o docente concluiu que as plataformas e redes sociais de educação mista – que mescla a educação à distância com a presencial – aumentam o engajamento dos alunos e poderiam ser aplicadas nos núcleos da Orquestra e no Espaço. “Os alunos, por mais jovens que sejam, estão ligados à tecnologia e já até utilizamos softwares nas minhas aulas de percepção musical, por exemplo”, explicou o docente. E complementou: “Eles acham fantástico e até sugerem softwares que pesquisam e trazem para a sala de aula”.

Rebeka Muniz, 21, é ex-aluna de viola do Núcleo do Coque e há um ano ensina musicalização aos educandos do ECECC.

Estar na Formação Continuada ao lado de ex-professores foi uma conquista para a educadora, que aproveitou para aprender ainda mais com eles. “Essa troca de experiências é muito importante, já aproveitei para pegar uns métodos com a professora Lídia e trabalhar com os meus alunos”, afirmou.

Confira outras edições