Revista Criança Cidadã - Matérias

Professores OCC

Edição 23 - Maio/Agosto 2017

Karoline Lima.

A trajetória artística de Karoline Lira, 31, professora de viola no núcleo do Ipojuca desde 2014, começou a partir de uma iniciativa social: o Projeto Suzuki, no Alto do Céu, no qual ela ingressou quando tinha sete anos. Com a exceção do seu avô, Manoel Lira, que era sanfoneiro à época do ícone Luiz Gonzaga, mas que Karoline não chegou a conhecer, nenhum outro familiar seu tinha relação com a música. Hoje em dia, sua filha Clara, de 10 anos, toca violino, mas Karoline a incentiva sem exercer pressão sobre o futuro relacionado à música. O Projeto Suzuki Alto do Céu, na Zona Norte do Recife, só ensinava violino, instrumento inicial de Karoline, e violoncelo. Com a abertura da turma da viola, ela se sentiu realizada, pois sempre se interessou por instrumentos com sons menos agudos.

Formada no curso técnico do Conservatório Pernambucano de Música (CPM) em 2002, Karoline recorda da certeza em relação à escolha profissional: “Quando me inscrevi para o vestibular, não havia nem uma segunda opção, tinha de ser Música”. Em 2010, concluiu o bacharelado em Música, na UFPE, e agora cursa licenciatura na mesma instituição. Há quatro anos, passou na seleção simplificada para professor do CPM, e dá aulas no projeto da casa, o Orquestrando Pernambuco, no Alto do Pascoal, sua comunidade. “De onde vim, muitos dos meus amigos morreram, mas não tomei como um empecilho morar no Alto do Pascoal.” E completa: “Como professora, dei aulas em vários projetos sociais, por isso me identifico”. Sobre suas referências, a professora destaca: “Tudo o que aprendi foi com a professora Nilzeth Galvão. Ela e o professor Ademar Rocha foram minha base”. Uma curiosidade é a de que a própria Nilzeth foi aluna de Ademar, o que, para Karoline, demonstra toda uma linha de pensamento na hora de formar músicos, um cuidado ao passar os conhecimentos musicais e da vida. Sobre os próximos passos, a docente pretende, ainda, cursar o mestrado na área de performance. (TF)

Confira outras edições