Revista Criança Cidadã - Matérias

Professores OCC

Edição 23 - Maio/Agosto 2017

João Pimenta.

“Eu pensava em tentar algo fora, mas depois fui me envolvendo e ficando aqui.

É um lugar especial que dá oportunidade a quem tem poucas possibilidades na vida”, afirma o professor João Pimenta, 37, que está na Orquestra Criança Cidadã desde o nascimento do projeto, em 2006. A convite do Maestro Cussy de Almeida, Pimenta começou a ensinar contrabaixo na OCC e nunca mais saiu.

Licenciado em Música pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e com um curso de extensão em Contrabaixo na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), sob orientação de Luciano Carneiro, doutor em performance nos Estados Unidos, o professor ensina atualmente a 11 alunos na Orquestra e afirma que é uma alegria ver o desenvolvimento deles dia após dia: “É muito bom você ver quando o aluno consegue ler uma partitura pela primeira vez, quando eles passam no vestibular, quando entram no mercado de trabalho.

Todas essas primeiras vezes marcam muito”. João Pimenta, que também é integrante da Orquestra Sinfônica do Recife, teve contato com o contrabaixo aos 15 anos no Conservatório Pernambucano de Música (CPM), onde estudou por quatro anos. “Um amigo me falou que tinha aberto uma vaga lá e resolvi ir. Gostei do som mais grave, mais diferente”, conta. Pimenta destaca a importância pessoal de tocar no Teatro de Santa Isabel, nas apresentações mensais da Orquestra Sinfônica do Recife. “É minha cidade, minha casa. É meu local preferido para tocar”, afirma.

O jeito calmo de ser revela uma maneira de educar em que nada é intransponível: “Nunca vi uma obra como algo impossível de tocar. Com dedicação, a gente consegue. Tudo o que a gente faz com prazer se torna mais fácil e é isso que tento passar pra eles. Gosto muito dessa convivência, de poder aprender também, enquanto ensino. O grande objetivo é fazer com que eles nunca percam a curiosidade em ser melhores a cada dia”, conclui. (PP)

Confira outras edições