Revista Criança Cidadã - Matérias

Professores OCC (parte 1)

Edição 22 - Janeiro/Abril 2017

- Janayna Mendes

A professora de Musicalização da Orquestra Criança Cidadã Janayna Mendes está no projeto desde o começo. São dez anos, no Núcleo do Coque, acompanhando estudantes que ganharam uma nova oportunidade de vida através da música. O maestro Cussy de Almeida a convidou para a OCC enquanto ela estudava no Conservatório Pernambucano de Música.

Em seguida, cursou Licenciatura em Música pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Atualmente, ensina Teoria (leitura e escrita em partitura) e Percepção Musical (desenvolvimento do ouvido) a 120 alunos, entre os 9 e 21 anos. Ela também já lecionou Flauta Doce e Solfejo. O interesse pela música começou desde criança, aos oito anos, quando passava com a mãe em frente ao Centro de Ensino Musical de Olinda (Cemo). Por falta de condições financeiras, o estudo só começou aos 14, quando entrou num grupo da Igreja Batista Jardim das Oliveiras. Depois, continuou no Seminário Teológico Batista do Norte do Brasil, onde obteve o título de bacharel em Música, e ensinou durante um período no Conservatório Pernambucano de Música.

“Estar na Orquestra é algo que reafirma a paixão que tenho pelo meu trabalho. É algo que me realiza. Ver os alunos evoluindo me dá um orgulho muito grande em poder participar daqui”, afirma. Para a professora, a música tem o poder de transformar o ser e aguçar a sensibilidade. O sonho dela é que outras cidades recebam projetos como a Orquestra Criança Cidadã.

Ser professora é uma condição que Janayna busca aprimorar a cada dia. Ela atribui a Flávio Medeiros, professor da UFPE, esse interesse pelo aprimoramento na hora de ensinar. “Ele fez toda diferença na minha formação como professora. Ele sempre teve muita didática e isso me inspira a ser uma professora melhor”, conclui. (PP)

Confira outras edições