Revista Criança Cidadã - Matérias

OCC em notas (parte 3)

Edição 21 - Setembro/Dezembro 2016

- Núcleo do Ipojuca inaugura biblioteca

Nas horas livres, os estudantes do Núcleo do Ipojuca agora têm uma nova prática. Por todo o prédio, cenas até então inusitadas vêm se tornando comum, com os alunos lendo livros desde a instalação da Biblioteca Criança Cidadã, no dia 21 de setembro. A solenidade oficial de inauguração foi realizada no dia 28 do mesmo mês, e contou com a presença dos doadores do material (55 representantes do projeto Orquestrando Pernambuco), que participaram de um intercâmbio cultural através de aulas, audições, master classes e dinâmicas entre os grupos dos projetos. As professoras de violino Shirley Vieira e Manoela Dias foram responsáveis pela execução da ideia para incentivar a leitura e auxiliar na escrita dos alunos. Manoela, que é coordenadora do projeto Orquestrando Pernambuco no bairro recifense Poço da Panela, articulou a conversa com a Biblioteca do Poço, para a cessão dos livros. Aproximadamente 150 títulos, incluindo alguns sobre música, estão disponíveis. A Biblioteca Criança Cidadã é em estilo itinerante, sem burocracia de empréstimo e devolução, e aceita doações de livros.

- Intercâmbio com a ANAB

No dia 21 de outubro, em meio à Semana das Crianças, os músicos do Ipojuca receberam a visita de parte da equipe da Associação Cultural Nordestina Asa Branca (ANAB), do Tocantins, que veio a Pernambuco para um intercâmbio cultural. A instituição, que pretende instalar no estado de origem um projeto social envolvendo música, conheceu algumas iniciativas pernambucanas e aprovou o que viu, especialmente na Orquestra Criança Cidadã. Para retribuir a admiração, um quinteto interpretou obras como Yesterday, Cânone em ré menor e Asa branca.

- Semana da Criança

A segunda edição da Semana das Crianças, bastante esperada pelos alunos, teve a aprovação dos mesmos quanto à diversidade na programação elaborada. No dia 19, o II Show de Talentos foi responsável por mostrar as habilidades dos alunos, para além das musicais, mas também na dança. Os “Anos 60” foram um dos temas bem trabalhados nas coreografias e apresentações. Nos dias 20 e 21, todos se dedicaram às atividades esportivas numa quadra poliesportiva do distrito. A festa, no dia 22, encerrou a programação com mais brincadeiras.

- Outubro Rosa

Na luta contra o câncer de mama, o núcleo do Ipojuca promoveu o ciclo de oficinas “Cuidando de mim mesma”, para as mães e responsáveis dos alunos. A autoestima e o autocuidado foram trabalhados pela psicóloga Manuela Carneiro, nos dias 14 e 25, respectivamente. Ainda na terça (25), a coordenadora da Saúda da Mulher do Ipojuca, Isadora Delmiro, conduziu a palestra sobre a prevenção contra o câncer de mama. Outros temas envolvendo a saúde feminina também foram abordados, a exemplo do câncer do colo do útero, que também atinge diariamente muitas mulheres brasileiras. Na quinta (27), o encerramento foi com a oficina de customização de camisas, do Senac Pernambuco, na qual mães, funcionárias e alunas mais velhas participaram do momento empreendedor.

- Quarteto Radamés Gnattali

Encerrando a turnê nacional com o objetivo de auxiliar na ampliação da educação musical pelo país, a equipe do projeto Brasil de Tuhú chegou ao Ipojuca no dia

10 de novembro e convidou o núcleo do Ipojuca para assistir ao concerto interativo do grupo para a rede pública de ensino no município. Após a apresentação, o interesse do Quarteto Radamés Gnattali – responsável pelo Brasil de Tuhú – pela Orquestra Criança Cidadã foi imediato e os músicos do grupo de câmara conheceram as instalações do núcleo em Camela, onde também ministraram master classes de violino e violoncelo.

- Caixa Cultural Recife 2

Com um repertório predominantemente clássico, a Orquestra Criança Cidadã Meninos do Ipojuca deu o tom a mais uma apresentação na Caixa Cultural Recife. O concerto aconteceu no dia 31 de agosto e reuniu públicos de várias faixas etárias. Sob a regência do maestro Márcio Pereira e supervisão do professor Ademar Rocha, os músicos executaram as seguintes obras: Sinfonia nº 40, de Mozart; Pizzicato polka, de Strauss II, e Marcha do toureador, da ópera Carmen, de Bizet. O maestro Márcio Pereira ressaltou a dificuldade das composições escolhidas e parabenizou os alunos.

Confira outras edições