Revista Criança Cidadã - Matérias

OCC em notas (parte 2)

Edição 21 - Setembro/Dezembro 2016

- Presidente da Bunkyo Gakki prestigia luteria da OCC

Em 31 de agosto, dois dias antes do concerto comemorativo, o presidente da fábrica de instrumentos de cordas japonesa Bunkyo Gakki, Yasukaze Chaki, e a violinista Yoko Kubo conheceram a sede do projeto e proporcionaram uma memorável transmissão de conhecimento.

A rigor, apenas a master class de Yoko Kubo estava confirmada para aquela ocasião, mas enquanto ela orientava, no auditório da Orquestra, os alunos selecionados pelo maestro Nilson Galvão Jr., Mr. Chaki, como todos o chamam, foi à sala da Escola de Formação de Lutheria e Archeteria conhecer o trabalho do lutiê Carlos Alberto Gomes e seus alunos. A conversa durou mais de meia hora e contou com a presença do coordenador geral da Orquestra, João Targino, e a tradução de Mateus Soares, 21 anos, aluno de luteria da OCC desde 2015. “Mr. Chaki tem uma admiração pelo modelo de violino de (Giuseppe) Guarneri e dá a entender que no Japão há uma preferência maior de lutiês por esse modelo do que pelo de Stradivarius”, conta professor Carlos.

Ele explica que, enquanto a maiorias dos lutiês considera a confecção das violas a par tir do aumento das proporções do molde dos violinos, Guarneri trabalhou de forma inversa, estabelecendo as dimensões da viola e aplicando-as ao violino. “Mr. Chaki dizia que Guarneri fazia violinos para ciganos, daí que a caixa é menor e as laterais, mais abauladas, para facilitar a execução. Para Mr. Chaki, o Stradivarius é mais indicado para violinistas de nível médio, já o Guarneri seria mais indicado para mais experientes”, acrescenta Mateus.

A Bunkyo Gakki é um empresa parceira da OCC e fornece acesssórios para instrumentos de cordas à Orquestra.

- Sinfônica de Xalapa

O ex-maestro e coordenador musical da Orquestra Criança Cidadã Lanfranco Marcelletti Jr. veio ao Brasil em turnê com o atual grupo que dirige, a Orquestra Sinfônica de Xalapa (OSX), do México. No dia 6 de outubro, o regente trouxe integrantes da OSX para realizar máster classes na sede do projeto e conduziu um concerto-aula à tarde, no Teatro Guararapes, em Olinda aberto a estudantes de escolas públicas. Cerca de 50 alunos da OCC participaram das aulas de violino, cello, contrabaixo e flauta, e 45 conferiram a apresentação didática.

- 26 anos da Obra de Maria

No dia 23 de outubro, a OCC se apresentou na festa de comemoração dos 26 anos da Comunidade Obra de Maria, na Arena de Pernambuco. No repertório da Orquestra, sucessos de compositores nacionais e a participação da cantora Maysa Ribeiro, que cantou duas músicas: De volta pro aconchego, de Nando Cordel, e Andar com fé, de Gilberto Gil. Os fiéis ainda assistiram shows de Frei Damião, Padre Reginaldo Manzotti, Banda Canção Nova, com Eliana Ribeiro, além da participação da Irmã Briege McKenna e do missionário Damian Stayne.

- Caixa Cultural Recife

Mais de 50 músicos da Orquestra Criança C idadã protagonizaram uma noite de estreias no teatro da Caixa Cultural Recife, no dia 20 de outubro. O grupo Risoflora, a Classe de Flautas Transversas e a Orquestra Infantil fizeram o seu début com uma plateia lotada, que acompanhou e aplaudiu de pé todas as performances. Em novembro foi a vez de o Grupo de Sopros voltar ao centro cultural, no dia 08, com a apresentação de um repertório audacioso, incluindo Mozart, Piazzolla, Maestro Nunes, Sivuca e do alemão naturalizado brasileiro Ernst Mahle.

Confira outras edições