Notícias

Alegria do início ao fim contagia a Festa das Crianças na ABCC

Evento contou com a participação ilustre Kuki, craque do Clube Náutico Capibaribe nos anos 1990

11/10/2019 - Marcelo Aragão (texto) e Jefferson Sousa (fotos)


A festa em comemoração ao Dia das Crianças, realizada pela ABCC na manhã desta sexta-feira (11), contou com todos os ingredientes que a garotada precisava para se divertir muito: brinquedos, brindes, música, dança e lanche. A alegria deu o tom especial ao momento. Já a felicidade esteve presente o tempo todo em cada sorriso dos meninos e meninas.

A oração do Pai Nosso abriu a programação do evento, que foi realizado em parceria com a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), por meio do projeto Pró-Laços. Se a animação já estava garantida, a euforia ficou maior com a chegada de Kuki, eterno ídolo do Náutico e do futebol pernambucano, que gentil e prontamente aceitou o convite do conselheiro da ABCC e diretor-geral da Universo, Bira Tavares.

Também marcaram presença, Nilson Nery e Marco Melo, vice-presidente e coordenador de Esportes da ABCC, respectivamente, além do vice-presidente do Náutico, Diógenes Braga, e de Reidja Santos, capitã da PMPE e ex-estagiária da Associação na área de nutrição.

“Estou muito feliz em participar de uma festa tão especial. Essas crianças são privilegiadas em fazerem parte desse lindo projeto realizado pela ABCC. O esporte é uma importante ferramenta de inclusão social. O meu conselho é que sejam obedientes e respeitosas com seus educadores”, destacou Kuki.

Coube ao ex-jogador a missão de entregar à aluna Luana Miranda, 8 anos, o brinde mais cobiçado do sorteio. “Eu estou muito feliz. Eu nunca tive uma bicicleta e esta é muito bonita. Realizei um sonho”, vibrou à pequena sortuda, que integra o projeto há dois meses.

Reidja Santos, que atua na Diretoria de Articulação Social e Direitos Humanos da PMPE, aproveitou a oportunidade para matar a saudades dos antigos companheiros e companheiras da ABCC. A capitã explicou qual o foco do Pró-Laços. “É um trabalho estratégico, preventivo, de aproximação e diálogo com a comunidade. Buscamos levar para as pessoas questões importantes, como valores, dignidade e direitos humanos. Entendemos que as crianças podem difundir para os adultos e familiares esses ensinamentos”.

Nilson Nery, vice-presidente da ABCC, concluiu: “Momento maravilhoso e de muita espontaneidade. A felicidade dos alunos e alunas da ABCC é a nossa felicidade. A nossa missão é promover a oportunidades de que eles precisam".




Veja mais notícias
  • 26/11/2019
    Grupo de Sopros da Orquestra Criança Cidadã na Caixa Cultural Recife Local: Teatro da Caixa Cultural Recife - Av. Alfredo Lisboa, 505, Recife