NOTÍCIAS

10/novembro/2010

“Centavos da Sorte” tem pré-lançamento em grande estilo

O evento do programa de capitalização, que beneficia a ABCC, contou com participação da Orquestra Criança Cidadã

Pela Assessoria de Imprensa da ABCC
O programa de título de capitalização “Centavos da Sorte”, que vai beneficiar os projetos da Associação Beneficente Criança Cidadã (ABCC), reuniu cerca de 200 empresários do Recife para conhecerem o projeto. O evento aconteceu às 20h30, no Restaurante Spettus, em Boa Viagem, e teve abertura com uma apresentação dos músicos da Orquestra Criança Cidadã dos Meninos do Coque, o projeto mais conhecido da ABCC.

Após alguns minutos de atraso, 11 músicos da Orquestra Criança Cidadã subiram ao palco do salão de eventos do restaurante para dar início ao pré-lançamento. Em uma breve apresentação, os garotos deixaram os presentes com gosto de bis. Com um repertório clássico, os Meninos apresentaram “Por uma Cabeza”, “Carinhoso”, “My Way” e “Asa Branca”. Os aplausos foram inevitáveis.

Após o show, o juiz João Targino, coordenador da Orquestra e parceiro do projeto homenageado da noite, foi convidado ao palco para dar algumas palavras. O juiz enfatizou o crescimento econômico no Estado e deu credibilidade ao “Centavos da Sorte”, em nome do projeto que coordena. “Esse é um projeto muito bem articulado, com muitas parcerias. Nós que fazemos a Orquestra Criança Cidadã nos sentimos homenageados por participar dele”, afirmou.

Mais tarde, aconteceria um sorteio demonstrativo, mostrando o funcionamento do título de capitalização. Mas antes de dar continuidade, foi prestada uma homenagem a João Targino. Matheus Aragão, neto de Edgar Aragão, idealizador do “Centavos da Sorte” subiu ao palco. O pequeno, muito esperto, agradeceu ao juiz pelo apoio no projeto e pelo seu trabalho na Orquestra dos Meninos do Coque. “Gostaria de prestar essa simples homenagem em nome de todas as crianças de Pernambuco, pelos seus serviços prestados a todas as crianças. Peço uma salva de palmas”, disse o garoto, enquanto as palmas começavam a ecoar pelo salão.


SOBRE O “CENTAVOS DA SORTE”

Com previsão de iniciar em Dezembro, o “Centavos da Sorte” surgiu no intuito de solucionar o problema do troco. Segundo o Banco Central, mais de 7 milhões de moedas são cunhadas anualmente para facilitar os valores do troco nos estabelecimentos de comércio. No entanto, ainda assim o problema é quase crônico.

Visando uma solução, a ABCC se aliou a Sul América e à Merfe Corretora de Seguros, e, com idealização de Edgar Aragão, fundaram o “Centavos da Sorte”. Assim, o troco dos estabelecimentos – entre R$0,10 e R$2,00 – poderão ser revertidos em prêmios de até R$100 mil para o cliente, através de sorteio. Outra percentagem do valor arrecado será revertida para a ABCC, a fim de auxiliar nos projetos sociais. “Hoje, em tudo o que se fala, está ligado ao aspecto social ou ambiental. Quero mostrar a satisfação com este projeto, que tem tudo pra dar certo e que ele está ligado ao bem. Que façamos o bem, pois ele apaga qualquer mal que já tenha sido feito antes”, disse João Targino.

Veja mais notícias

Nossos Projetos

Parceiros

Governo FederalUninassauSesiDefensoria Pública de PernambucoCaixa Econômica FederalInstituto Marista de SolidariedadeAiesecUniversidade Federal Rural de PernambucoUniversidade Federal de PernambucoTribunal de Justiça de Pernambuco

SIGA-NOS

NEWSLETTER