NOTÍCIAS

11/maio/2010

Centros da Juventude aproxima jovens do Estado

Através do Programa Vida Nova, os Centros da Juventude têm como objetivo oferecer a jovens em situação de vulnerabilidade social um novo projeto de vida.

Pelo Diário Oficial
A distância de 148 km que separa São Caetano do Recife, não foi problema para que 50 jovens do Centro da Juventude daquele município do Agreste viessem para a Capital trocar experiências com os jovens de Santo Amaro. Sábado, 250 pessoas, entre jovens e seus familiares, dedicaram o dia da semana para atividades diferenciadas para receber os colegas. Eles fizeram demonstração de atividades culturais e esportivas com jogos de capoeira e campeonatos de futsal masculino e feminino, além de apresentação de danças folclóricas.

Esse incentivo à prática esportiva e cultural é um dos objetivos do Programa Vida Nova, que faz parte do Pacto pela Vida, da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos. "Esse trabalho é importante para socializar as experiências de uns com os outros", disse João Soares, coordenador do Centro da Juventude de Santo Amaro. O coordenador de São Caetano, Josimário de Assis, falou da necessidade de conhecer o trabalho dos outros centros e levar o deles. "Precisamos fazer essa troca, pois isso é motivador para os jovens", afirmou.

O jovem Gledson da Silva, 18 anos, jogou capoeira na apresentação que fez para os colegas de Santo Amaro. No Centro, ele participa de todas as atividades que pode: dança, música, computação, capoeira, esportes. "A visita foi bastante gratificante porque a gente não conhecia os outros centros", disse. Ele também aproveitou o momento para fazer novas amizades e trocou telefone com os colegas do Recife. O amigo de Gledson, Weverson da Silva, 17 anos, também foi para Santo Amaro e gostou do dia diferente. Ele apresentou a dança maculelê que chamou a atenção das jovens Daniely Gomes, 21, e Jéssica da Silva, 19 anos.

"O intercâmbio foi ótimo porque a gente aprendeu as atividades do outro Centro da Juventude: a capoeira e a dança que bate as garrafas na mão", falou Daniely. As garrafas batendo na mão dos jovens de São Caetano fazem parte da dança maculelê. A jovem Jéssica ficou com expectativas para um próximo encontro. "Espero conhecer a terra deles", afirmou.

Os Centros da Juventude, através do Programa Vida Nova, têm como objetivo oferecer a jovens em situação de vulnerabilidade social um projeto de vida novo. Além da prática de atividades culturais e esportivas, os jovens podem fazer cursos de qualificação profissional que visam à demanda do mercado de trabalho local.

Veja mais notícias

Nossos Projetos

Parceiros

Universidade Federal Rural de PernambucoInstituto Marista de SolidariedadeCaixa Econômica FederalUninassauDefensoria Pública de PernambucoTribunal de Justiça de PernambucoUniversidade Federal de PernambucoSesiAiesecGoverno Federal

SIGA-NOS

NEWSLETTER