NOTÍCIAS

03/junho/2017

Espetáculo "Cão sem plumas" inspira alunos e profissionais da ABCC

Grupo formado por educandos e funcionários do Espaço Cultural e Esportivo Criança Cidadã assistiu a uma prévia da peça de dança nessa sexta-feira (2)

Houldine Nascimento
“Aquele rio era como um cão sem plumas. Nada sabia da chuva azul, da fonte cor-de-rosa, da água do copo de água, da água de cântaro, dos peixes de água, da brisa na água.” Estes versos da icônica poesia “O cão sem plumas”, de João Cabral de Melo Neto, fazem referência ao Rio Capibaribe. A obra, lançada em 1950, permanece atual ao falar das mazelas que cercam o famoso rio pernambucano. Por meio da Companhia de Dança Deborah Colker, o poema ganhou uma releitura com um espetáculo homônimo que congrega dança, literatura, cinema e música.

Nessa sexta-feira (2), no Teatro Guararapes, em Olinda, alunos e profissionais do Espaço Cultural e Esportivo Criança Cidadã (ECECC) tiveram a oportunidade de assistir à prévia da peça que estreia neste sábado (3). A iniciativa foi voltada a alunos de instituições beneficentes e de escolas públicas do Grande Recife. Numa parceria com nomes importantes da cultura local, como o cineasta Cláudio Assis e os músicos Jorge Du Peixe e Lirinha, Colker fez brotar um espetáculo intenso, que consegue passar ao público a dimensão da obra cabralina.

O professor de Artes Cênicas do Espaço, Ivan Tavares, é fã de Deborah Colker e ficou encantado com o resultado. “Eu era doidinho para assistir a um espetáculo de Deborah Colker, já tinha visto alguns pela TV Cultura. Também gostei de meus alunos verem porque, muitas vezes, a gente quer passar um movimento, a finalidade daqueles movimentos, da dança contemporânea, do corpo. Foi muito bom”, comentou.

Aluna do ECECC, Viviane Gomes também gostou da apresentação. “Foi tudo muito bonito. Uma coisa que me chamou a atenção foi quando eles colocaram algumas caixas no cenário. E [a apresentação] me inspirou muito”, disse a pequena, que tem desejo de ser atriz.

Veja mais notícias