NOTÍCIAS

17/junho/2016

Olimpíadas Criança Cidadã definem campeão do futsal masculino

Escola Estadual Fernando Mota levou o troféu da edição 2016

Por Paula Passos
A final do futsal masculino das Olimpíadas Criança Cidadã aconteceu na manhã desta quinta-feira (16). Quatro times disputaram o título que deu à Escola Estadual Fernando Mota, de Setúbal, o bicampeonato. Mas antes da comemoração pela escola, uma disputa foi acirrada.

No primeiro jogo, a Escola Estadual Frei Jaboatão jogou contra a Escola Estadual Frei Jaboatão CASE (Centro de Atendimento Socioeducativo). Quem levou a melhor foram os meninos do CASE, com um placar de 2x0. No segundo jogo, foi a vez da Escola Estadual Maria do Céu e da Escola Estadual Fernando Mota correrem atrás do título, com o escore de 5x2 para a Fernando Mota, que contou a atenção especial da professora de Educação Física, Ana Cláudia Silva. Ela acompanha o time há três anos, desde quando entrou na Escola.

"Participar das Olimpíadas é uma conquista, porque proporciona a socialização. Eles voltam para a Escola muito mais entrosados e comprometidos com o esporte, que é uma ferramenta para também tirar os alunos das drogas", contou a educadora, que não parou de torcer um só instante. "Eu fico muito nervosa, porque eles merecem a vitória, foram muito dedicados", acrescentou.

O terceiro lugar foi decidido nos pênaltis entre a Frei Jaboatão e a Maria do Céu. Empate de 3x3, mas quem levou a vitória foi a Maria do Céu, após marcar 3x1 nas penalidades. Na final, muito aguardada por todos, a disputa entre a Fernando Mota e a Frei Jaboatão (CASE). Empate no primeiro tempo: 1x1. No segundo tempo, Fernando Mota embalou e garantiu a vitória por 5x1. No futsal feminino, as meninas da Escola também foram campeãs.

Ubirajara Tavares, diretor de esportes da ABCC e da Universidade Salgado de Oliveira (Universo), parceira das Olimpíadas Criança Cidadã, destacou a importância do evento. "É uma oportunidade que eles têm. Ano passado, dois jogadores que se destacaram no vôlei ganharam bolsas para competir pela Universo. E, neste ano, estamos de olho em dois garotos do futsal masculino", disse. Ubirajara ratificou ainda a importância do esporte para a formação do cidadão: "mesmo que eles não venham a ser atletas futuramente, o esporte exige que eles tenham raça, persistência, trabalhem em equipe e isso gera bons profissionais".

O encerramento das Olimpíadas Criança Cidadã será na próxima segunda (20), na Secretaria de Educação, no bairro da Várzea.

Veja mais notícias