NOTÍCIAS

28/abril/2010

Orquestra Criança Cidadã em livro

Obra de Waldênio Porto mistura ficção com realidade

Pelo Diario de Pernambuco
Será lançado nesta quinta-feira, na Academia Pernambucana de Letras, o livro Violinos no Coque (Editora FacForm Cultural, R$35), de autoria do médico e imortal Waldênio Porto. A publicação narra a fundação e desenvolvimento da Orquestra Criança Cidadã, formada por jovens carentes do bairro do Coque e regida pelo maestro Cussy de Almeida. "O livro surgiu após um pedido do desembargador Nildo Nery, presidente do Projeto Criança Cidadã, que queria deixar registrada a história da orquestra", conta Waldênio. Esta é a 10ª obra do acadêmico, que atualmente preside a Academia Pernambucana de Letras.

Para escrever o livro, Waldênio Porto passou mais de um ano fazendo pesquisas e conversando com professores, alunos e pais dos pequenos músicos. O livro narra episódios conhecidos da orquestra, como as apresentações para o presidente Lula e a participação no Domingão do Faustão, quando deveriam ter passado apenas cinco minutos no palco, mas ficaram meia hora graças à boa audiência.

O mais interessante, porém, são os bastidores, como a primeira viagem de avião e as reuniões para levantar recursos para o projeto. "Apesar de ter personagens e situações reais, não é uma reportagem. É uma ficção, com construção de diálogos que possivelmente aconteceram", conta o autor. A noite de lançamento vai contar também com show dos personagens principais, os meninos e meninas da Orquestra Criança Cidadã. A entrada é gratuita.

Serviço

Lançamento do livro Violinos no Coque, com apresentação da Orquestra Criança Cidadã
Onde: Academia Pernambucana de Letras
(Av. Rui Barbosa, 1596, Graças)
Quando: Amanhã, às 20h

Veja mais notícias