NOTÍCIAS

20/novembro/2015

Orquestra celebra Dia da Consciência Negra com apresentações artísticas

Alunos confeccionaram cartazes, assistiram a audiovisuais e realizaram pesquisas sobre personalidades históricas negras, como Zumbi dos Palmares

Por Devanyse Mendes
Em comemoração ao Dia da Consciência Negra, a coordenação pedagógica da Orquestra Criança Cidadã preparou um evento para relembrar a importância da data. A tarde desta sexta-feira (20) teve música, dança e declamação de poema. Alunos e professores do programa social reuniram-se no auditório para acompanhar as apresentações.

Durante o mês de novembro, a pedagoga da Orquestra, Daniela Santos, realizou atividades direcionadas ao combate à intolerância racial. “Os alunos confeccionaram cartazes, assistiram a audiovisuais e realizaram pesquisas sobre personalidades históricas negras, como Zumbi dos Palmares”, contou Daniela.

Um grupo de 16 adolescentes elaborou e executou uma coreografia a partir da música “Ilê Pérola Negra”, de Daniela Mercury. A aluna de violino Monielly Elen da Silva participou da dança e também ajudou da confecção dos cartazes. “As atividades me ensinaram que não devemos julgar as pessoas pela cor. Somos todos iguais”, disse a menina. Rhillary do Espírito Santo, 12 anos, estuda o instrumento de sopro oboé na Orquestra. A menina apresentou aos colegas a história de Zumbi dos Palmares e declamou um poema sobre o combate ao preconceito racial, escrito por um autor desconhecido. “Eu aprendi muito fazendo essa pesquisa. Eu sou negra e tenho muito orgulho da minha cor. Zumbi foi um guerreiro negro e hoje é um grande exemplo para todos os brasileiros”, explicou a adolescente.

Os alunos conferiram ainda o vídeo “Racismo é burrice”, do cantor Gabriel Pensador. O audiovisual fala que o preconceito existe e deve ser combatido.

Veja mais notícias