NOTÍCIAS

28/outubro/2015

ABCC celebra o Dia Mundial do Judô em festival

Cerca de 100 meninos e meninas participaram de oficinas da modalidade esportiva durante a manhã desta quarta-feira (28)

Camilla Figueiredo
No Dia Mundial do Judô, comemorado todo 28 de outubro desde 2011, crianças e adolescentes da Associação Beneficente Criança Cidadã (ABCC) marcaram presença no festival do esporte, realizado na manhã desta quarta-feira, no hall central da Universidade Salgado de Oliveira (Universo). O evento faz parte da programação da Olimpíada Criança Cidadã, que segue até o próximo dia 30, e cumpriu a missão de preparar os atletas iniciantes de quatro instituições para campeonatos tradicionais.

As instituições participantes do festival foram a ABCC, o Projeto Ajudô, o Lar do Amanhã e o Movimento Pró-criança. No total, cerca de 100 meninas e meninos entre 6 e 14 anos puderam ter o primeiro contato com um formato similar ao de competição. Eles foram divididos em grupos por idade e passaram por quatro momentos de oficinas dirigidas a desenvolver técnicas específicas. Ao final, foram realizadas lutas rápidas.

“A nossa ideia é promover uma atividade pedagógica e de inclusão, porque embora quase todas as crianças já treinem judô nas instituições de que fazem parte, poucas participam de campeonatos tradicionais, que exigem maior nível técnico. Como hoje é o Dia Mundial do Judô, achamos que era a melhor data para realizar uma atividade assim”, explicou Dênis Lima, diretor técnico da Federação Pernambucana de Desporto Escolar (Fedepe) e também da Federação Pernambucana de Judô.

Anderson Felipe Pereira da Silva é professor de judô da ABCC há 1 ano e 10 meses. “O que esperamos deste evento é preparar e incentivar a meninada. Como eles são iniciantes, é importante que todos eles ganhem medalha, porque aí não desanimam. Para as competições tradicionais, a gente leva aqueles que têm mais experiência”, afirmou. O judoca acrescentou que levará um grupo para a Copa Nacional Igarassu de Judô e espera bons resultados da sua equipe. “Vai servir como uma preparação para o campeonato pernambucano, realizado em novembro.”

Emily Vitória Cavalcanti tem 8 anos e treina judô há um ano na ABCC. “Quero ser veterinária quando crescer, mas vou treinar judô enquanto puder. Estou me divertindo muito hoje”, disse a menina, sorridente. Miguel Victor da Silva, 12, nunca tinha participado de um campeonato e quer ser judoca ou bombeiro quando ficar adulto. “Aprendi uma nova técnica para segurar o kimono, chama-se Komikata. Eu treino há 9 meses e tenho me dedicado. Espero estar preparado para uma competição de verdade logo”, confessou.

O secretário-executivo do Movimento Pró-criança, Antônio Vicente, relembrou a todos que o esporte é uma excelente ferramenta de inclusão social. “Eu sou suspeito para falar porque também sou educador fisico, conheço bem os benefícios que isso traz para a nossa vida. Aproveitem a oportunidade de aprender o que puderem com seus professores e com as atividades”, aconselhou.

DIA MUNDIAL DO JUDÔ - A primeira edição do Dia Mundial do Judô foi em 2011, com o tema “Respeito”. A data é uma homenagem da Federação Internacional de Judô ao nascimento de Jigoro Kano, criador da modalidade esportiva. O tema deste ano é “União”.

Veja mais notícias