NOTÍCIAS

19/outubro/2015

Lançamento das Olimpíadas Criança Cidadã movimenta alunos da rede pública do Estado

Autoridades das secretarias estaduais de educação e de esportes do Governo de Pernambuco participaram da cerimônia

Por Devanyse Mendes
Entusiasmo e espírito esportivo marcaram a abertura das Olimpíadas Criança Cidadã nesta segunda-feira (19). Cerca de 300 alunos, oriundos de 20 escolas da rede pública de ensino, participaram da solenidade. O evento aconteceu no hall central da Universidade Salgado de Oliveira (Universo), no bairro da Imbiribeira.

O projeto social é uma parceria entre a Associação Criança Cidadã e as Secretarias de Educação, de Desenvolvimento Social e de Turismo do Estado, além do Tribunal de Justiça de Pernambuco. Continuando até o dia 30 de outubro, a competição tem o objetivo de ressocializar crianças e adolescentes que vivem em situação de alto risco social através do esporte.

A cerimônia seguiu a tradição olímpica, com a acendimento da pira e o juramento dos atletas. Entre as autoridades presentes, estavam o presidente da ABCC, desembargador Nildo Nery; o secretário de educação de Pernambuco, Frederico Amâncio; o secretário estadual de turismo, esporte e lazer, Felipe Carreras; o juiz da Vara da Infância e Juventude e coordenador do projeto Escola Legal, Paulo Brandão; e o diretor comercial da Universidade Salgado de Oliveira, Ubirajara Tavares.

“Eu fico muito feliz em participar de uma iniciativa tão vitoriosa. Há três anos também passei a integrar a diretoria esportiva da Associação Beneficente Criança Cidadã e, desde então, divulgo e apoio as ações da ONG”, afirmou Ubirajara.

A aluna do Espaço Criança Cidadã, projeto da ABCC, Sabrina Ferreira, 12 anos, conquistou o terceiro lugar no Campeonato Pernambucano de Judô, em 2015, e foi escolhida para conduzir a tocha olímpica. “Fiquei muito feliz por receber essa honra, pois estou representando todos os atletas da competição”, revelou Sabrina. O juramento ficou a cargo da judoca Luciana Maria Mendes, 12, aluna do projeto Movimento Pró-Criança e medalhista de bronze do Campeonato Brasileiro.

Para a estudante Rayssa Amorim, 14, aluna da Escola Alice de Barros, em Camaragibe, as Olimpíadas são uma oportunidade de fazer novos amigos e mostrar as habilidades esportivas. “Estou muito animada. O meu time vai jogar as partidas de queimado, e estamos treinando duas vezes por semana. Acho que temos chance de chegar na final”, comentou Rayssa.

O secretário de turismo, esporte e lazer do Governo do Estado de Pernambuco, Felipe Carreras, apontou o esporte como ferramenta eficaz na luta contra a marginalização social. “É uma satisfação participar do lançamento dessa ação. “As Olimpíadas aumentam a autoestima de adolescentes e jovens, fazendo com que eles acreditem em sim mesmos. Outro ponto que me comove bastante é o amor com que o desembargador Nildo Nery defende a realização do evento. Ele é um exemplo para todos”, completou Carreras.

A abertura da cerimônia contou ainda com a apresentação de um quinteto de cordas da Orquestra Criança Cidadã, que tocou os hinos de Pernambuco e do Brasil. A performance da Banda Marcial Maria do Céu Bandeira, da cidade de Moreno, Região Metropolitana do Recife, encerrou a solenidade.

Veja mais notícias