NOTÍCIAS

15/abril/2014

ABCC incentiva leitura no Coque

Livros de diferentes gêneros foram doados para a biblioteca popular da comunidade. As doações prometem também ser o início de uma parceria

Nathallia Fonseca
Com a intenção de beneficiar crianças e adultos de um dos bairros em situação de maior risco do Recife, ao mesmo em que enriquece o acervo da biblioteca popular da comunidade, a Associação Criança Cidadã realizou, no Coque, na manhã da última quinta-feira (10), a doação de exemplares de literatura infantil e adulta, além de livros utilizados no ensino superior. A ação foi a primeira do que promete ser uma firme parceria entre as duas instituições.

Inaugurada em 2007 a partir da iniciativa dos próprios moradores em conjunto com algumas ONGs na cidade do Recife, a biblioteca popular já faz parte do cotidiano de dezenas de crianças e adultos moradores do Coque. Thauana Garcia, de 10 anos, diz frequentar a biblioteca quase diariamente desde que tinha apenas seis: “das primeiras vezes que vim aqui, eu ainda não sabia ler. Olhava as figuras e queria entender o que estava escrito”, conta a menina, que, agora no sexto ano do ensino fundamental, diz ter a língua portuguesa como uma de suas matérias preferidas na escola. “Eu aprendi a ler mais rápido do que alguns dos meus colegas. Já gostava dos livros e era mais fácil pra mim.”

Para Sidia Lima, bibliotecária auxiliar do Espaço Criança Cidadã, as doações foram uma forma de atribuir maior utilidade aos livros que já não eram tão aproveitados na biblioteca da Associação. “Tínhamos alguns livros que, para nós, eram pouco relevantes, que não condiziam com o perfil da maioria dos pequenos da ABCC, como os de literatura adulta, por exemplo. Eles terminavam empoeirados e sem uso. A biblioteca popular, por sua vez, abarca a todos os moradores do bairro e públicos de todas as idades” explica.

A coordenadora da biblioteca, Maria Betânia Nascimento, que também foi uma das fundadoras do espaço, reconhece o valor da parceria e a importância das doações. “Contribuições são sempre bem-vindas e aproveitadas em nossos projetos, e acredito que essa parceria com a ABCC tem muito a trazer de positivo para ambos os lados”, comenta. Betânia ainda acrescenta: “estaremos sempre dispostos a absorver o melhor de cada parceria e das experiências trocadas”.

Veja mais notícias