NOTÍCIAS

12/março/2012

DF: Lei dos Castigos Corporais volta ao debate

As punições ocorrem com base no Código Penal

Correio Braziliense - DF | Jornal de Brasília - DF
Uma cena deixou perplexos os pais, alunos e funcionários de uma escola particular em Brasília (DF) e reascendeu o debate sobre a Lei dos Castigos Corporais. Ontem (8), um pai espancou o filho de 3 anos e oito meses no pátio do colégio. O servidor público, de 46 anos, deu vários tapas nas pernas e no bumbum da criança. Testemunhas afirmaram que ele ainda bateu no menino com o próprio cinto. Os golpes deixaram hematomas pelo corpo da criança. Após fugir da instituição de ensino, o agressor foi encontrado em casa e autuado pelo crime de maus-tratos. O acusado responderá em liberdade.

Legislação –Um projeto de lei que tramita no Congresso Nacional, o da chamada Lei dos Castigos Corporais, tem o objetivo de proteger os direitos das crianças e dos adolescentes de não sofrerem agressões físicas dos pais com a desculpa de estarem sendo educados. A matéria, no entanto, levantou polêmica e ainda não foi aprovada pelo Legislativo federal. Assim, não está em vigor. Apesar disso, as punições, em casos como o de ontem, ocorrem com base no Código Penal.

Veja mais notícias

Nossos Projetos

Parceiros

Tribunal de Justiça de PernambucoGoverno FederalUniversidade Federal de PernambucoUniversidade Federal Rural de PernambucoSesiInstituto Marista de SolidariedadeUninassauDefensoria Pública de PernambucoCaixa Econômica FederalAiesec

SIGA-NOS

NEWSLETTER