AÇÕES

Ações Sociais da ABCC

Além dos projetos sociais, a ABCC desenvolve ou apoia outras ações voltadas para jovens e crianças. Elas atuam em diversas áreas: educação, cultura, profissionalização, esporte e lazer, entre outras. Saiba um pouco mais sobre como elas funcionam.

Aluguéis temporários

A ABCC mantém convênio com o Instituto de Assistência Social e Cidadania (Iasc) – órgão ligado à Prefeitura do Recife – para abrigar famílias com crianças e adolescentes que se encontram em situação de moradia de rua. Durante um período máximo de seis meses, as famílias são encaminhadas para habitações dignas, cujos aluguéis são pagos pela ABCC.

Enquanto estão inseridas no programa de aluguel temporário, os beneficiados são estimulados e orientados pelas equipes do Iasc para o retorno às comunidades de origem. Para isso, são inscritos em programas de transferência de renda ou de profissionalização, visando à reintegração de forma efetiva.

O programa já conseguiu incluir socialmente dezenas de famílias, que foram inseridas em ações de transferência de renda. Muitos atendidos, entre jovens, adultos e crianças, foram matriculados em escolas, creches e em cursos profissionalizantes. Durante todo o processo, sempre há um estreito acompanhamento psicossocial.

Confira mais sobre essa ação aqui.


Ambulatório infantil

Inaugurado em março de 2017, o ambulatório pediátrico atende os alunos do ECECC, às terças, das 7h às 11h, na sede do projeto. A iniciativa surgiu em parceria com o Grupo Ser Educacional, que cedeu materiais de saúde, além de uma equipe de profissionais e estagiários do curso de Medicina da Universidade Maurício de Nassau (Uninassau). A médica Mariana Tavares coordena os atendimentos.

Serviço social

Graças a um convênio instituído com o Grupo Ser Educacional, a ABCC disponibiliza um serviço de assistência social, de segunda à sexta, das 8h às 14h. A iniciativa é gerenciada pela assistente social Josane Valeria, que conta com o auxílio de estagiários do curso de Serviço Social da Uninassau. Com a implantação do serviço, as famílias dos educandos foram cadastradas e passaram a ter um acompanhamento, recebendo diversas orientações de combate às drogas e à violência doméstica.

O setor estabeleceu parcerias importantes, conduzindo alguns alunos a projetos esportivos, como dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e do Sport Club do Recife. Além disso, no CRAS, os jovens também têm acesso a cursos de fotografia e grafitagem. Outro convênio instituído foi com o Centro de Referência Clarice Lispector, para auxiliar no trabalho de prevenção sobre violência contra a mulher.

Psicologia

A psicóloga Jane Marinho orienta colaboradores, educandos, familiares e parceiros do Espaço Cultural e Esportivo Criança Cidadã. Os atendimentos ocorrem de segunda à sexta. Desde 2015, os alunos têm a disposição este serviço.

Através da ludoterapia, o setor de Psicologia busca aliviar os problemas enfrentados pelos pequenos e, assim, interagir com mais facilidade. A importante técnica psicoterápica ajuda as crianças a se expressarem através de brincadeiras, desenhos e jogos propostos.

Nutrição

Em funcionamento desde junho de 2016, o programa de Nutrição engloba profissionais e estagiários da Uninassau e da Faculdade Joaquim Nabuco. A nutricionista Bryscila Vieira lidera o grupo formado por 11 estagiários. Para conscientizar os pequenos, a ação aposta em projetos lúdico-pedagógicos. Assim, jogos tradicionais, como dominó e jogo da velha, ganham uma “versão nutricional”, passando a dar um foco a alimentos.

Ensino de idiomas

A parceria com a Aiesec, instituição que promove intercâmbios sociais em mais de 120 países, proporciona o aprendizado de línguas estrangeiras, como Inglês e Espanhol, aos educandos do Espaço Cultural e Esportivo Criança Cidadã. Jovens voluntários que estão de passagem pelo Brasil ministram aulas aos pequenos, passando por temas da atualidade, como Desenvolvimento Sustentável e Multiculturalidade. A ação funciona desde 2014.

Programa de judô

Além de ser uma importante modalidade esportiva, o judô também tem sido utilizado como uma ferramenta de transformação social. Desde 2014, o Espaço Cultural e Esportivo Criança Cidadã desenvolve um programa de judô que se tornou uma referência dentro e fora da Associação. Várias crianças e adolescentes são orientadas pelo professor Anderson Felipe, de segunda a quinta-feira, nos turnos da manhã e da tarde.

A ação exitosa tem resultado na formação de jovens atletas. Alguns deles se tornaram campeões de importantes competições, como o Pernambucano de Judô. Foi o caso de Tamires Augusto, campeã sub-13 da fase regional do Brasileiro, em 2017.

A positiva trajetória do esporte na ABCC repercute na imprensa. Em novembro de 2016, o campeão regional sub-13 Oseias Silva foi tema de matéria no Jornal do Commercio. A dedicação do pequeno atleta também serviu de motivação para que o pai, Alexandre Silva, retornasse às corridas de rua.

Música

O Espaço Cultural e Esportivo Criança Cidadã também possui um núcleo de Música. De segunda à sexta-feira, os educandos têm acesso a aulas de teoria musical, flauta doce, violoncelo e violino. A equipe de professores é formada pela maestrina Carmem Lúcia, pelo violoncelista Wagner Salvino e pela violista Rebeka Muniz.

Informática

As aulas de informática básica ministradas no ECECC têm servido para a alfabetização digital de muitos jovens. O professor Demison Costa utiliza jogos digitais para ensinar os alunos. A estratégia ajuda as crianças a se envolverem mais no aprendizado.

A ABCC disponibiliza esta ação por saber da importância de lidar com estas ferramentas cibernéticas e, sobretudo, pelo mundo globalizado em que vivemos, onde as tecnologias de informação e comunicação estão por todo lugar.

Teatro

Em 2017, o ECECC passou a contar com aulas de Teatro, que são ministradas às quintas e sextas pelo professor de artes cênicas Ivan Tavares. As aulas estimulam os pequenos a se comunicarem melhor e também desenvolverem um lado artístico.

Projeto Frevart

Crianças, adolescentes e jovens em situação de risco social das comunidades carentes do Bairro de Santo Amaro e adjacências são preparados para o exercício da cidadania, através da formação musical e da profissionalização cultural. O Projeto Frevart oferece aulas gratuitas de instrumentos de sopro e percussão, além de atividades de lazer nos finais de semana.

As aulas são ministradas aos sábados, das 9h às 11h45, na Escola Almirante Soares Dutra, em Santo Amaro. A metodologia consiste em educá-los por meio da música, ocupando o tempo ocioso desses jovens, valorizando-os e conscientizando-os de que podem ser um agente modificador do ambiente social em que vivem.

Como uma das entidades parceiras, a ABCC contribui financeiramente com o Frevart. A quantia mensal é destinada à cobertura de gastos com manutenção de instrumentos, material de consumo e a alimentação dos alunos.

Confira mais sobre a ação aqui.